História do Município

por admin última modificação 21/03/2017 10h06

O povoamento onde se ergue hoje a sede municipal deve-se a três famílias dos senhores: Pedro Lima, Manoel Ferreira da Costa e Firmino Latarano, que aqui se fixaram por volta de 1948. 
A origem do nome justifica-se por ter sido no início um povoado de muita fartura por suas terras férteis e diversos sítios, onde se desenvolvia basicamente a agricultura, a extração de madeira, coco babaçu e muita caça, formando assim uma economia de subsistência. Sítio Novo deu origem à cidade do mesmo nome que se caracteriza por densos babaçuais.
Os primeiros moradores resolveram se fixar na localidade, construindo suas moradias, cultivando a terra na produção de arroz, feijão, milho, do algodão e explorando esta fonte de renda.
Paralelo à exploração do babaçu e ao desenvolvimento da agricultura, crescia o número de pequenos estabelecimentos comerciais.
Sítio Novo foi elevado a categoria de Distrito por força da Lei nº 01/63, de 9 de Fevereiro de 1963, da Câmara Municipal de Itaguatins - TO.
Em 1963, a Lei Estadual nº 4.683/63, de 14 de outubro de 1963, eleva o Distrito de Sítio Novo de Goiás a categoria de Município, desmembrando do Município de Itaguatins e aos seus habitantes dando-se o nome de Sitionovenses. 
Com a criação do Estado do Tocantins, a Assembléia Legislativa por disposição do Decreto Legislativo nº 01/89, de 1º de janeiro de 1989, no artigo 4º, alterou o nome de Sítio Novo de Goiás para Sítio Novo do Tocantins.
O município de Sítio Novo do Tocantins está localizado no extremo norte do Estado, no vale do rio Tocantins, na região conhecida como Bico do Papagaio. Fica a 614 Km de Palmas, capital do Estado.

 PRAÇAS SITIO.jpg

PREFITURA FOTOS.jpg

Fonte: http://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?codmun=172080